Des. Luciano Lima reforça compromisso de cumprir os princípios que norteiam a magistratura

O novo desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Luciano Lima, destacou que renovará “a cada dia o compromisso de cumprir os princípios que norteiam a carreira na magistratura e, sobretudo, que estarei sempre atento para exercer com firmeza a principal obrigação de um juiz – ser imparcial, garantindo o direito a quem o tem”. As palavras foram proferidas durante o discurso de posse no cargo, que ocorreu na tarde desta segunda-feira (11/11), no Pleno do TJCE.

Então juiz da 8ª Vara da Fazenda Pública de Fortaleza, o magistrado foi eleito desembargador pelo critério de merecimento. A partir de agora, fará parte da 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal.

Sobre o papel do magistrado, afirmou que tem “o compromisso de me manter atento aos chamados, de não me fechar no silêncio, e, neste momento, realizar reflexões sobre o Poder Judiciário, com a exposição de minha visão sobre os seus problemas, de modo a reafirmar publicamente os meus compromissos de magistrado, assumidos por ocasião da posse como juiz de Direito, no ano de 1993”.

Em outro trecho, Luciano Lima diz que é “consciente dos desafios que me aguardam nesta nova função, mas confio que a chave para sua superação está na intransigência no que diz respeito à preservação dos fundamentos da República, os quais, nesta quadra de tempos estranhos, se mostra cada dia mais necessária”.

Sobre ser independente, o novo desembargador assegurou que não vê “como ostentar a qualidade de magistrado sem a coragem para contrariar interesses, e, sobretudo, com independência”.

CONHEÇA MAIS

Nascido em Fortaleza no dia 23 de março de 1964, Francisco Luciano Lima Rodrigues é filho de Lúcio Rodrigues Neto e Hilnê Costa Lima Rodrigues. A carreira de magistrado começou em 5 de abril de 1993, na Comarca de Jaguaruana. Também exerceu a função de julgador em Baturité, Quixadá, Icapuí, Aratuba e Maracanaú.