Primeira dama, Presidente da Câmara e ouvidora do município de Pentecoste são presos pela Operação Caixa 2

O promotor de Justiça Pentecoste, Jairo Pereira Pequeno Neto, com o apoio do delegado da Polícia Civil, Regis Pimentel, deflagrou, na manhã da última quarta-feira, 17, a segunda fase da operação “Caixa 2”, na qual foram presos preventivamente o vereador presidente da Câmara Municipal de Pentecoste, Pedro Helmano Pinho Cardoso; a mãe dele que também é ouvidora municipal, Maria Clara Rodrigues Pinho; e a primeira-dama daquele município, Maria Clemilda Pinho de Sousa.

Os mandados de prisão foram cumpridos na Câmara Municipal, durante a sessão, em que se encontravam Pedro Helmano e Maria Clara e na residência da investigada Maria Clemilda. A prisão preventiva de Pedro Helmano e a prisão domiciliar integral com uso de tornozeleira eletrônica em face de Maria Clara e Maria Clemilda foram decretadas pelo juiz de Direito, Caio Lima Barroso. A operação desarticulou uma associação criminosa que angariou vultosas quantias para financiamento de campanha eleitoral do ano de 2016 naquele município.