Célio Studart questiona compra de máscaras inadequadas para profissionais de saúde

O deputado federal Célio Studart (PV-CE) questionou, nesta quarta-feira, 01,  o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, sobre a aquisição de milhares de máscaras consideradas inadequadas para uso dos profissionais de saúde. O documento aponta ainda que o valor unitário pago na compra foi bem superior ao praticado por marca referência internacional em produtos hospitalares.

Na ocasião o parlamentar apontou,  ainda,  que a compra dos insumos foi realizada por dispensa de licitação, no início da pandemia do novo coronavírus. As máscaras custaram R$ 8,65 a unidade, mais que o dobro dos R$ 3,59 cobrados pela 3M do Brasil por um modelo tido como adequado para proteção contra o coronavírus.