Instituto Plácido Castelo é recredenciado para realizar cursos de pós-graduação latu sensu

A Escola de Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Instituto Plácido Castelo (IPC), continuará com a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu, na área da sua competência. O recredenciamento foi concedido pelo Conselho Estadual de Educação do Ceará (CEE), a partir de 1º de janeiro de 2022 até 31 de dezembro de 2026. A informação está no parecer nº 291/2022, emitido pela Câmara da Educação Superior e Profissional, do CEE.

A solicitação foi feita pelo então diretor-presidente do IPC, conselheiro Alexandre Figueiredo, por meio do processo nº 11323696/2021. O recredenciamento considera as normas estabelecidas pela Resolução CEE nº 470/2018, que estabeleceu normas para o credenciamento de Escolas de Governo, criadas, mantidas ou incorporadas pelo Poder Público, integrantes do Sistema de Ensino do Estado do Ceará, para a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu, em nível de especialização.

O Instituto Plácido Castelo, integrante da Rede de Escolas de Governo do Estado do Ceará, já ofertou duas Pós-Graduações. A primeira foi “Fronteiras do conhecimento em auditoria governamental: desafios para o século XXI”, finalizada em dezembro de 2019. A especialização foi composta por quatro módulos de disciplinas (Perfil Comportamental, Área de Atuação do Auditor, Ciência de Dados e Metodologias).

A segunda Pós-Graduação, que está em fase de apresentação de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), é em “Políticas Públicas para Cidades Inteligentes”, realizada em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), por meio da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). O curso visa ofertar serviços públicos cada vez mais qualificados, com uso de novas tecnologias e sistemas de informação.

Uma das principais competências da Escola de Contas é promover a organização e administração de capacitações de treinamento e de aperfeiçoamento, voltados para a administração pública do Ceará. Também atua no desenvolvimento de atividades de pesquisas e estudos sobre questões relacionadas com as técnicas de controle interno e externo.

Fonte: Comunicação Social – TCE