“Operação Descarte” investiga fraude em coleta de lixo no município de Jardim

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira, 29, no município de Jardim,   a “Operação Descarte”, através da qual estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário. As ordens judiciais são decorrentes de procedimento investigatório criminal que tramita na PROCAP. Os mandados estão sendo cumpridos nos imóveis de residência do prefeito de Jardim, do atual e ex-secretários municipais de Obras, Viação e Urbanismo e de empresários, além das sedes da Prefeitura de Jardim e de empresa situada em Juazeiro do Norte.

As investigações apontam fraudes em licitações, inexecução contratual e sobre preço para a execução do serviço de limpeza pública no Município de Jardim com possível participação de autoridade com foro por prerrogativa de função. A empresa Lockar Locadora de Automóveis Ltda. foi a “vencedora” da licitação para a coleta do lixo, mas os garis e demais empregados são da Prefeitura, assim como os caminhões.

A contratação da empresa investigada pelo município de Jardim iniciou-se em fevereiro de 2017, com valores pagos de, aproximadamente, R$ 8.000.000,00 até a presente.