Agentes penitenciários são denunciados por levarem celulares para presos do IPPOO 2

A 2ª Promotoria de Justiça de Itaitinga, ofereceu denúncia, nesta sexta-feira 04, , contra agentes penitenciários pelos crimes de corrupção passiva, prevaricação imprópria e associação criminosa. O Ministério público cearense  requereu ainda medidas cautelares de afastamento do cargo e proibição de frequentar unidades prisionais. Os denunciados foram investigados através de inquérito policial instaurado pela Delegacia de Assuntos Internos, para apurar esquema de colocação de celulares e outros ilícitos, durante o ano de 2020, para o interior do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO) 2, localizado em Itaitinga.

Os agentes prisionais denunciados são Milton Oliveira Martins Neto, conhecido como “Bruno”, 24 anos, e Emanoel Rodrigues Pereira, de 36 anos. São duas denúncias, oriundas de investigações diferentes.