Justiça do Trabalho lança Manual de Comunicação Social e Redação Jornalística

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) aprovou, na sexta-feira, 11, o Manual de Comunicação Social e Redação Jornalística, elaborado pelo Comitê de Comunicação Social da Justiça do Trabalho.

Com o objetivo de fortalecer e aprimorar a comunicação da instituição com a sociedade, o manual busca consolidar uma linguagem uniformizada nas produções jornalísticas das assessorias de comunicação dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho e do Tribunal Superior do Trabalho.

O documento pretende orientar os profissionais envolvidos na produção diária de notícias e conteúdos veiculados nos diversos canais de comunicação social institucional a redigir textos e outras peças de comunicação de fácil compreensão e acessíveis a diversos públicos. A ideia é padronizar a linguagem em canais confiáveis, úteis e ágeis, a fim de garantir que todo cidadão possa ter acesso às informações de que precisa diretamente das fontes oficiais.

Objetivos

O Manual está de acordo com o planejamento estratégico da Justiça do Trabalho para o sexênio 2021-2026. Entre os principais objetivos dessas orientações estão definir os canais de divulgação e os conteúdos produzidos para cada um e apresentar estilos de linguagem recomendados para os públicos externo e interno.

Outra diretriz é a adoção de definições simplificadas de conceitos e de termos jurídicos nas matérias, a fim de facilitar a compreensão do público leigo e evitar equívocos de qualquer natureza, e a produção de textos de acordo com as técnicas jornalísticas.

Princípios

Com a definição de princípios, estruturas e diretrizes básicas da linha editorial das publicações jornalísticas e de comunicação digital ou visual, é possível oferecer aos mais diversos públicos-alvo em linguagem simples, direta e de qualidade. A iniciativa contribui para que a instituição cumpra princípios como os da transparência, da publicidade dos atos, da impessoalidade, da acessibilidade e da responsabilidade social, da eficiência, efetividade e da celeridade.

Nova Política de Comunicação Social

O CSJT também aprovou a regulamentação da Nova Política de Comunicação Social no âmbito da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus. A política tem como objetivo regulamentar a Comunicação Social institucional, nos âmbitos externo e interno dos TRTs, garantindo o alinhamento aos princípios constitucionais da administração pública, aos regimentos internos das instituições e ao Planejamento Estratégico da Justiça do Trabalho.

Leia aqui – https://www.csjt.jus.br/documents/955023/0/manual_de_redacao_da_jt_1_ed.pdf/cd91536c-066c-0d66-02c4-0fad773a8be4?t=1645054690905

Fonte: Assessoria de Comunicação
Social – TST