Parceria entre o ministério público e a UFC pode resultar em projeto digital para beneficiar pessoas com deficiência

O ministério público cearense participou na última terça-feira, 13, de reunião para discutir a possibilidade de efetivação de parcerias entre a instituição e a Universidade Federal do Ceará (UFC), mais especificamente sobre o projeto UFC-Inclui, que promove serviços de inclusão para pessoas com deficiência inseridas na comunidade acadêmica. A ideia é que o Ministério Público atue na parceria por meio do Caocidadania e do Laboratório de Inovação (LINO).