Prefeita, vice-prefeito de Madalena e vereadora de Tianguá retomam mandatos eletivos

xxxxxxxxxxxxxxxxxx Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará reverteu, nessa quarta-feira, 10, a cassação dos diplomas da prefeita eleita de Madalena, Maria Sônia de Oliveira Costa, e do vice-prefeito, Antônio Gilvan Inácio de Sales. Com a decisão, também foi afastada a inelegibilidade imposta à Maria Sônia. A prefeita e o vice tiveram seus mandatos casados sob a alegativa “estaria se valendo de seu poder político e econômico para fazer comício e adesivar funcionários dentro de uma fábrica que é estabelecida naquela cidade teria convênio com a prefeitura. Além disso, também estava fazendo ‘funcionários públicos’ participarem de ‘caminhadas’ em horário de expediente local”, o que não foi aceito pelo tribunal.