Representantes de  Câmaras Municipais discutem, na Assembleia Legislativa, ações de proteção à mulher

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 05, com vereadoras e procuradoras de municípios cearenses , a Procuradoria Especial da Mulher (PEM) da Assembleia Legislativa do Ceará, coordenada pela advogada Raquel Andrade,  discutiu ações que fortaleçam e ampliem as políticas públicas de proteção à mulher nas Câmaras Municipais.

Na ocasião, a procuradora da Assembleia Legislativa, deputada Augusta Brito (PCdoB), ressaltou que a ideia era aprimorar as ações realizadas na Assembleia Legislativa e aplicá-las nas Câmaras Municipais buscando fortalecer a luta dos direitos das mulheres junto às procuradorias. “Essa parceria da Assembleia Legislativa em nível de Câmara Municipal por meio da procuradoria especial tem tudo para dar certo”, ressaltou.

Por sua vez, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão (PDT), destacou o empenho do Poder no sentido de oferecer uma nova estrutura para  a Procuradoria Especial da Mulher, que passa a funcionar no novo anexo da Casa. “Será um equipamento que terá um espaço mais amplo, uma estrutura melhor onde teremos, além da procuradoria, o Ministério Público, a Defensoria Pública e toda uma estrutura para acolher as demandas daquelas que se sentirem violentadas em seus direitos”, destacou.

Já a presidente da União dos Vereadores do Ceará Mulher (UVC Mulher) e procuradora especial da Mulher de Fortim, vereadora Kath Anne Simonassi, sugeriu um “script” com mais detalhes práticos para a aplicação das políticas públicas em defesa das mulheres nos municípios. “A minha situação é igual à de outras colegas, nossa resolução para criação da procuradoria já foi aprovada no meu município, mas as ações em si não foram efetivadas”, explicou.

Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa