Seminário discute enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes

Foi realizado, na tarde desta quarta-feira, 18, o “Seminário 18 de Maio: Juntos no enfrentamento à violência sexual contra a criança e o adolescente”. O evento, que aconteceu no auditório da Procuradoria Geral de Justiça e foi transmitido pelos canais do Youtube do Ministério Público do Ceará (MPCE) e das Secretarias da Saúde (Sesa) e da Educação (Seduc) do Estado, foi promovido pela Rede Pontos de Luz, da qual o MPCE é integrante.

Direcionado a atores do Sistema de Garantia de Direitos de crianças e adolescentes, o seminário teve como objetivo engajar escolas acerca da prevenção e enfrentamento da violência sexual contra este público. Além disso, o momento também buscou contribuir para o fortalecimento da Rede Pontos de Luz, bem como da articulação entre os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos na defesa e proteção de crianças e adolescentes em situação de violência.

Ao final do evento, foi relançada pelo MPCE a cartilha “Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes: o silêncio que destrói infâncias”. O coordenador do Caopij, promotor de Justiça Lucas Azevedo, destacou que a publicação possui linguagem acessível para possibilitar que crianças e adolescentes possam entender o conteúdo e prevenir possíveis abusos. “O objetivo do MPCE é imprimir e distribuir a cartilha para toda a rede protetiva”, reforçou.

Na ocasião, a Rede Pontos de Luz também lançou a cartilha “10 dicas para identificar possíveis sinais de violência sexual infantojuvenil e como agir”. O material, segundo a secretária-executiva de Políticas em Saúde da Sesa, Luciene da Silva, também deverá ser distribuído entre os atores que compõem a rede protetiva dos direitos de crianças e adolescentes do Estado.