Ministério público quer aumento na quantidade de doses de vacinas enviadas ao Ceará

Todos os órgãos do ministério público no Ceará, tanto o estadual, quanto o federal e o do trabalho reiteraram pedido para o Programa Nacional de Imunização (PNI) revisar a meta de vacinação para Covid-19 no Estado do Ceará, com envio maior de doses em relação ao total da população. O Ceará é o 23º lugar do país no recebimento de doses proporcionalmente à população e, com o avanço do processo de imunização por idade, ficou evidente que a quantidade de vacinas enviadas não reflete os dados de número de pessoas nos grupos prioritários e na população geral em todo o estado. O Ministério Público pede também o envio imediato do quantitativo de 1.440.932 doses de vacinas solicitadas em abril deste ano, com ajuste nos envios seguintes, até que seja ofertada a quantidade proporcional ao número de pessoas efetivamente residentes no Ceará. Foi dado prazo de 72 horas para resposta ao Ministério Público.