Projeto da vereadora Camila Cavalcante impõe discriminação sexual nos transportes coletivos de Caucaia

A  Câmara Municipal de Caucaia aprovou projeto de lei de autoria da vereadora Camila Cavalcante,  tornando  parte da frota de ônibus municipais para uso exclusivo de mulheres, com  o objetivo tornar dar mais segurança às passageiras, que se vêem, segundo a autora, expostas a assédios e abusos sofridos nos coletivos. Pelo projeto, no mínimo 30% dos ônibus seriam destinados ao público feminino durante os horários de pico. Para a vereadora a gratuidade nos transportes coletivas implantada no município, aumentou  os assédios e abusos nos veículos.

A matéria, já aprovada em 2° discussão pelos vereadores, não detalha, por exemplo, ocasiões em que o marido ou filho tem que acompanhar a mulher ao trabalho ao levá-la ao médico, nem ressalva o caso do qual tipo de transporte deverá ser usado pela população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais;

O projeto seguiu para a sanção do prefeito Vitor Valim.